“Vi no Facebook ‘o Mário tem interesse neste evento’ e resolvemos vir. Na próxima vez trago as minhas filhas de 17 e 14 anos”, garante Elizabete Santos, que veio de Lisboa até à Praia da Empa, num sábado à tarde, para participar na ação de limpeza da Ocean Hope, que contou, pela primeira vez, com o apoio do #MYPLANET.

Também há quem tenha vindo de mais perto, por sugestão dos filhos pré-adolescentes, que souberam do evento pela professora, que já participou noutra limpeza. E, depois, não faltam os repetentes, amigos, familiares de amigos, colegas e conhecidos dos membros do staff. Em duas horas, os 22 participantes percorrem as arribas da Praia da Empa, na Ericeira, com os seus coletes amarelos fluorescentes e sacos reutilizáveis na mão. Regressam, ininterruptamente, com todo o tipo de lixo: meio garrafão de beatas (um garrafão cheio seriam cerca de 5 mil), pedaços de automóvel, muitas redes e cordas, plásticos, brinquedos, crucifixos de madeira, garrafas de vidro e plástico, e até pedaços de estores.

Com mais de 40 quilos de lixo recolhido e já separado como indiferenciado, a reciclar no ecoponto ou com potencial de reutilização para criar esculturas, a equipa agradece a participação de todos e enfia os sacos nos poucos carros disponíveis. Porque, é preciso não esquecer, nem todos no staff têm idade para ter carta.

Saiba mais sobre a Ocean Hope